sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Estudo de caso: Como aumentar sua lista de assinantes oferecendo produtos grátis

Aumentar o mailing é sempre um desafio. Comprar listas não é recomendável, e com as outras técnicas você pode demorar pra ter um aumento considerável – que compense o investimento que você está fazendo. Uma das maneiras mais efetivas é oferecendo vantagens e produtos gratuitos para os seus consumidores.

Isso é ainda mais efetivo do que os famigerados concursos culturais, que por sua natureza competitiva, muitas vezes não estimulam o compartilhamento por parte dos seus participantes.
Para explicar como essa oferta de produtos gratuitos funciona na prática, hoje vamos trazer um case para análise. Confira:

Josh Earl é um programador freelancer que fornece dicas para o editor de texto Sublime Text. Ele já tinha uma boa base de contatos, mas queria aumentar esse número. E com um detalhe: queria assinantes de qualidade, realmente interessados em seu produto. Então ele resolveu fazer uma promoção: quem assinasse sua lista, ganharia uma licença do programa Sublime Text, avaliado em US$ 70.

A promoção foi divulgada via redes sociais e através da lista com 5,5 mil assinantes, e o resultado foi impressionante. Após 11 dias de promoção, Josh alcançou:

- 187.991 novos emails para seu mailing;
- Ele recebeu 398.896 visitantes únicos em seu site;
- O número de seguidores no Twitter quase triplicou, passando de 13.460 para 32.427;
- Ele vendeu 2.000 cópias do seu ebook, e lucrou US$ 38.000

Isso somente nos primeiros dias. Com um número impressionante de assinantes da sua newsletter, Josh certamente alcançou resultados ainda maiores com o passar do tempo.

Como ele ofereceu uma boa oportunidade para os usuários, eles se sentiram compelidos a compartilhar a promoção para seus contatos. E assim Josh conseguiu atingir uma audiência extremamente segmentada, que a partir daquele momento ia precisar mais do que nunca de suas dicas para usar o software que ele distribuiu.

Que tal pensar em uma estratégia semelhante para alavancar os seus negócios?


(Informações: Kissmetrics

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

A psicologia da persuasão pode ajudar a aumentar suas vendas

Você já parou pra pensar porque o consumidor escolhe fazer suas compras em uma loja em detrimento de outra? Já avaliou os sentimentos envolvidos no ato de escolher um fornecedor de serviços? Pois saiba que esse assunto é pesquisado incessantemente desde o início dos anos 1980, quando Dr. Robert Cialdini lançou o livro “As Ferramentas da Persuasão”, um dos mais conhecidos (e mais seguidos) na área do marketing.

Entender os gatilhos emocionais que fazem uma pessoa efetuar uma compra é um dos passos mais importantes para aumentar as conversões nas suas campanhas de marketing. Dr. Cialdini listou em seu livro, e em inúmeras palestras, os seis princípios que fazem com que as pessoas escolham comprar com você, e não com seu concorrente.

Confira quais são esses princípios, e adote em suas próximas campanhas:

1) Reciprocidade
O ser humano tem a tendência a querer retribuir quando recebe algo. Portanto, ofereça sempre vantagens e pequenos agrados, como um e-book gratuito, um desconto ou frete grátis.

2) Comprometimento e consistência
Os usuários costumam manter os seus compromissos, então quando você torna o uso de seus serviços um hábito, eles tendem a continuar. Por isso, serviços como Netflix e Spotify oferecem meses gratuitos para os usuários, que terão dificuldade em deixar de usá-los depois que se habituarem.

3) Provas sociais
As pessoas têm a tendência a acreditar mais em serviços e produtos que outras pessoas usaram antes. Por isso, restaurantes cheios têm mais movimento do que aqueles que estão vazios. Incentive seus clientes a compartilhar fotos e depoimentos sobre seus produtos nas redes sociais.

4) Apreciação e respeito
Mais do que os preços baixos ou qualidade, gostar da empresa é fundamental para fechar uma compra.

5) Medo
O sentido de urgência também faz muitas pessoas fecharem uma compra. O medo de ficar sem é um bom gatilho para incentivar os consumidores, por isso muitas empresas têm optado por mostrar quantas unidades de cada produto ainda estão disponíveis.

6) Autoridade
Coloque-se no mercado como a grande autoridade no produto ou serviço que fornece, e os consumidores prestarão mais atenção em você.

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Cinco maneiras de surpreender no email de boas-vindas

O email de boas-vindas é de fundamental importância na sua estratégia de marketing. Ele é o primeiro contato que o cliente terá com sua newsletter, e como bem sabemos, a primeira impressão é a que fica. O relacionamento entre uma empresa e seu cliente é como um relacionamento humano: você está suprindo uma necessidade e trocando valores, então que esse contato seja proveitoso para ambas as partes desde o início.

Segundo estudo publicado pelo Kissmetrics, o email de boas-vindas gera três vezes mais negócios e lucros que os outros emails.

Para caprichar nessa primeira impressão e estabelecer uma relação duradoura com o seu cliente, temos algumas dicas para você surpreender em seu email de boas-vindas. Confira:

Tente uma abordagem humana: que tal deixar de lado o layout caprichado e os botões de call to action e mandar um email se apresentando? “Oi, eu sou o Fulano, sou o diretor da empresa X, vi que você se inscreveu na nossa newsletter, posso te ajudar em alguma coisa?”. Mas não faça isso de maneira automatizada, seu cliente vai perceber!
Acabe com o texto: se o consumidor acabou de assinar sua newsletter, ele provavelmente sabe do que a sua empresa se trata. Experimente ser direto com ele: “você está cadastrado, compre agora”. Pode ser eficiente em alguns casos.
Apenas dê boas-vindas: também pode ser simpático não tentar fazer a conversão logo de cara. Algumas empresas optam por apenas cumprimentar o consumidor e deixar os contatos no rodapé do email, e isso pode funcionar de maneira eficaz também.
Lembre-o do motivo da assinatura: apresente de cara os diferenciais da sua empresa e os motivos para que ele continue recebendo (e abrindo) os emails que você vai enviar a ele.
Surpreenda com um presente: frete grátis, pague um leve dois, cupom de desconto. Todo mundo adora um mimo. Que tal surpreender seu novo assinante com um presente?

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Como usar a geolocalização a seu favor no email marketing

Nós já falamos aqui anteriormente sobre a importância da segmentação no email marketing. É fundamental que você saiba com quem está falando, e que envie ofertas e promoções apropriadas para cada cliente. Seja focado e assertivo, e verá que os resultados serão muito melhores. A segmentação correta das suas campanhas evita o opt-out e, mais importante, aumenta as conversões.

Dentro das opções de segmentação, uma das mais importantes é a geolocalização. O Nitronews oferece relatórios de localização dos seus clientes, então aproveite esses dados para fazer campanhas específicas de acordo com o local onde o seu consumidor está. Afinal, não faz sentido oferecer roupas de inverno para moradores do Nordeste do Brasil, assim como enviar uma campanha de email marketing sobre um empreendimento em Goiânia para quem mora em Porto Alegre dificilmente trará os resultados esperados. Um ou outro consumidor pode estar pensando em se mudar para a cidade, mas isso é exceção e não regra – então porque gastar enviando essa mensagem para o seu mailing inteiro? Além de dispendioso, você corre o risco de ganhar muita antipatia e muitos cancelamentos de assinatura.

Outra maneira eficaz de usar a geolocalização é para atrair visitantes para os pontos físicos do seu negócio. Se você possui lojas, pode usar esse recurso para identificar os consumidores que estão perto e criar campanhas e promoções para que eles visitem sua loja. Lembre-se que muitas vezes os clientes não querem esperar o tempo de entrega das compras online e também gostam de economizar os custos de entrega, portanto apresentar essa opção é sempre uma maneira interessante de aumentar o seu volume de negócios.

O importante é que você não ignore a localização do seu consumidor, e pense sempre em maneiras criativas de usar essa informação a seu favor. Lembre-se: segmentação é tudo na hora de disparar o seu email marketing!

sábado, 12 de setembro de 2015

Linha de assunto: quais palavras chamam mais a atenção dos usuários?

Já conversamos aqui sobre a importância da linha de assunto na hora de desenvolver sua campanha de email marketing. O assunto é o primeiro contato do seu destinatário com a peça, e muitas vezes são aquelas palavrinhas que vão determinar se o cliente vai abrir ou não sua mensagem.

É fundamental que a linha de assunto seja atrativa, e instigue o leitor a querer saber mais sobre o que você está falando. O tempo e a prática vão trazer pra você mais experiência na hora de determinar o subject, mas é bacana também ter dados concretos sobre o assunto. Por isso, compartilhamos com vocês o resultado de uma pesquisa realizada pela Phrasee, que determinou quais são os termos que chamam mais atenção dos usuários.

Confira a lista, teste em seus próximos disparos, entenda o que funciona melhor com o seu público e acrescente ao seu repertório:

Verbos de ação que trazem mais aberturas –
1 – introducing (apresentamos)
2 – celebrate (celebrar)
3 – buy (compre)
4 – get your (pegue o seu)
5 – continues (continua)
6 – love (amor)
7 – grab a bargain (aproveite a barganha)
8 – win (ganhe)
9 – shop (compre)
10 – check out (confira)

Call to action com mais aberturas –
1 – on orders over (em pedidos acima de)
2 – orders over (pedidos acima de)
3 – off selected (selecionados em oferta)
4 – your next order (seu próximo pedido)
5 – available (disponível)
6 – 24 hour offer (oferta de 24h)
7 – save an extra (economia extra)
8 – voucher (vale)
9 – our sale (nossa promoção)
10 – clearance (limpa de estoque)

Frete –
1 – plus free delivery (mais entrega grátis)
2 – free delivery (entrega gratis)
3 – delivery & returns (entrega e devolução)
4 – delivery (entrega)
5 – next day delivery (entrega para o outro dia)
6 – + free shipping (+ frete grátis)
7 – and free delivery (e entrega gratis)
8 – free shipping (frete grátis)
9 – shipping (frete)
10 – get free delivery (tenha entrega grátis)


Aproveite as dicas e torne sua campanha ainda mais irresistível!

sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Faça um call to action brilhante em seu email marketing

Não importa qual seu ramo de negócios, ao enviar uma peça de email marketing o objetivo é sempre o mesmo: ter uma reação do leitor, seja a compra, o cadastro, a participação em um concurso ou uma simples visita ao seu site. Essa é a função do botão de call to action, fazer com que o usuário realize essa conversão. Para isso, é importante que o botão tenha o tamanho correto, uma cor que chame a atenção e faça contraste com o resto da peça, esteja em uma posição adequada e tenha palavras que expressem urgência e despertem o desejo no seu destinatário.

Confira nossas dicas para um call to action irresistível:

- Escolha uma cor que faça contraste com o resto da peça
Esqueça a harmonia de sua peça. O botão de call to action funciona melhor quando você utiliza uma cor diferente, para destacar bastante que ali é onde o usuário deve clicar. Se você tem uma peça onde predomina o vermelho, por exemplo, talvez você queira usar o verde para destacar o seu botão. Tenha certeza de que ele não vai passar despercebido pelo seu cliente.

- Cuidado com o posicionamento
Não tenha medo de ser agressivo com seu cliente. O botão de call to action deve estar posicionado em um lugar onde é impossível de não ser visto. Coloque o botão perto da foto da imagem do produto, colado no preço, para que seu consumidor possa ser encantado pela oferta e já efetuar a compra / cadastro / visita que você tanto deseja.

- Capriche no texto
Os tradicionais “compre agora”, “cadastre-se” ou “visite” funcionam bem, mas você pode ir além. Dê senso de urgência e de oportunidade ao seu email marketing, com termos como “aproveite agora essa oferta”. Pense fora da caixa, e você poderá ter excelentes resultados. 

quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Blacklist: o que é e como evitar

Em grandes empresas onde existe um administrador de sistemas, é comum que esse profissional bloqueie alguns IP’s e/ou domínios que comprometem o bom funcionamento da rede. Entre os recursos que entram nessa verdadeira lista negra estão remetentes de email, que podem ser bloqueados temporária ou permanentemente por conta de campanhas mal planejadas que prejudicam os seus destinatários.

Enviar email marketing fora das boas práticas pode comprometer os clientes de diversas maneiras. Além das mensagens não solicitadas, alguns desses emails podem consumir muitos recursos do servidor, provocando caixas de email cheias e sem espaço para receber as mensagens de trabalho. Por isso são criadas as blacklists, para bloquear os remetentes que extrapolam os limites do bom senso e garantir o melhor funcionamento da rede.

Para facilitar o trabalho dos profissionais de TI, existem blacklists colaborativas, onde os maus remetentes são reunidos. As mais conhecidas, e que podem causar um prejuízo enorme para a sua campanha são: ZEN Spamhauss, SURBL, URIBL, Barracuda Central, SpamCop, Senderscore, SORBS, AHBL, Abuse.ch e RATS-NoPtr.

Mas como evitar que o seu domínio caia em uma blacklist?
- Antes de mais nada, confira todas as dicas do nosso blog e fique por dentro das boas práticas de envio.
- Evite conteúdo malicioso, com caráter sexual. Se o assunto de sua newsletter envolver sexo, trate-o com muita delicadeza e cuidado.
- Envie email marketing apenas para destinatários que escolheram receber as suas mensagens.
- Utilize serviços de qualidade como o Nitronews, que evitam que suas mensagens contenham vírus ou baixem outros softwares que prejudicam os usuários.
- Evite emails muito pesados, que ocupam muito espaço na caixa de entrada do seu cliente e comprometem a qualidade do servidor.

Com essas dicas, você garante que sua empresa fique de fora das blacklists e a qualidade das suas entregas! Também conte conosco: o Nitronews monitora constantemente seus servidores para que não sejam bloqueados pelas blacklists.