quarta-feira, 20 de julho de 2016

Use o marketing de conteúdo para aumentar o seu mailing

Um dos grandes desafios dos profissionais de marketing é criar uma base de contatos confiável – e realmente interessada em receber novidades e promoções da sua empresa. Muitos optam por comprar listas prontas, mas isso não só diminui a reputação dos seus envios como também não alcança os resultados esperados. O segredo é construir o seu mailing de maneira gradual e consistente, com clientes que realmente poderão interagir com a sua mensagem e trazer bons resultados para a marca.

Uma das técnicas mais eficazes para construir essa base de contatos é o marketing de conteúdo. Marketing de conteúdo é nada menos que oferecer conteúdos de qualidade sobre os seus produtos e/ou segmento de atuação para os seus clientes, que faça com que eles interajam e sejam impactados pela sua marca cada vez mais. Com o marketing de conteúdo você fala diretamente com o seu cliente, e torna ele mais informado sobre a sua marca. Quando esse conteúdo é interessante e atrativo, seu cliente vai querer mais.

Por isso, inclua no seu planejamento a elaboração de vídeos, tutoriais, newsletter e e-books, entre outros, que sejam realmente úteis para o consumidor que quer atingir. Para que ele continue recebendo esses conteúdos, peça o email. E assim você chegará até sua caixa de entrada de maneira relevante, fazendo com que ele se interesse por tudo que você tem a dizer – e sim, aumentando a taxa de cliques e conversões nas suas campanhas de emailmarketing

35% dos emails brasileiros são inválidos

Aqui no blog já falamos diversas vezes sobre a importância de não comprar listas de emails e conquistar os seus contatos para emailmarketing de maneira legítima. Também já falamos sobre a necessidade de higienização constante em sua base, e uma pesquisa divulgada recentemente pela Safety Mails confirma que é muito importante manter seu mailing sempre organizado e com contatos válidos, para que suas mensagens não sejam entregues na caixa de SPAM.

O estudo, chamado “A Qualidade das Bases de E-mails no Brasil”, analisou dados de 90,8 milhões de endereços eletrônicos no país e concluiu que 31,9 milhões de emails (cerca de 35%) são inválidos. Do percentual de emails, foi constatado que 7,31% possuem erros de identificação do domínio e 1,41% apresentam erros de sintaxe. Problemas que seriam facilmente evitados com uma rápida revisão dos contatos antes de incluí-los em qualquer lista.

Esses números prejudicam bastante o mercado brasileiro. O safety score brasileiro tem média de apenas 47,09 pontos, um número bastante baixo – e que prejudica a entregabilidade das campanhas de email marketing oriundos do país. Portanto, faça a sua parte e cuide bem da sua base de contatos.

Para isso, sugerimos que você faça uma revisão nas suas listas de emails. Delete sem dó nem piedade contatos que têm emails devolvidos com frequência, verifique os endereços de correio eletrônico, e cuide especialmente dos emails corporativos, que têm vida útil curta. E nunca, em hipótese alguma, compre listas de emails prontas.  

segunda-feira, 11 de julho de 2016

Vantagens de enviar uma pesquisa por email

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, o email marketing não serve apenas para informar seus clientes sobre promoções e oportunidades imperdíveis – que a gente espera que eles não percam mesmo, e façam a conversão. A ferramenta também pode ser uma maneira incrível de se relacionar com o seu consumidor e, consequentemente, se manter em sua memória e sua preferência.

Uma das maneiras de estabelecer um bom relacionamento com o consumidor é realizando pesquisas através do email, que podem ser disparadas através da sua ferramenta de email marketing. Pesquisas por email trazem diversos benefícios para as empresas, confira:

- Você passa a entender melhor o seu público
Através da pesquisa, você pode perguntar diretamente ao seu consumidor e ter informações precisas que podem ajudar nos seus próximos disparos: que tipo de conteúdo ele prefere, quais promoções quer receber, qual a frequência ideal do envio do email marketing, entre outras.

- Você tem informações privilegiadas com economia
Uma pesquisa de mercado tradicional pode custar alguns milhares de reais para a sua empresa. Essas pesquisas geralmente são presenciais, e você não tem que pagar apenas à empresa especializada que realiza esses encontros, mas também aos consumidores que participam – que muitas vezes nem são aqueles que realmente têm contato com a sua marca.

- Você demonstra interesse pela opinião do seu consumidor
Por último, mas não menos importante, ao realizar uma pesquisa por email você mostra que a opinião do seu cliente é importante. Dessa maneira, o consumidor se sente valorizado e também reconhece o seu esforço em oferecer produtos e serviços cada vez melhores.

segunda-feira, 20 de junho de 2016

A importância de fidelizar seus clientes via email marketing

Está comprovado: fidelizar os clientes é um excelente negócio para as empresas. Um levantamento realizado pelo especialista Ian Kingwill revelou que o custo de conquistar novos clientes é até 10 vezes maior do que o investimento para mantê-los. Outro especialista em marketing, o professor Jonah Berger, da Wharton School, revelou em um evento recente que cada consumidor que se torna um fã da sua marca traz com ele em média seis novos clientes com a sua indicação.

Dito isso, saiba que é possível (além de fundamental) fidelizar os seus consumidores através do email marketing. Para ter sucesso, é importante personalizar ao máximo o relacionamento. Invista em campanhas que possibilitem que cada cliente se sinta único e especial. Seguem algumas sugestões:

- Envie mensagens de boas-vindas
Assim que um novo cliente se cadastra em sua newsletter, é fundamental enviar uma mensagem de boas-vindas. Mas não envie uma mensagem automática: chame-o pelo nome, e se possível assine também com um nome humano. Receber um email de uma pessoa, e não de uma empresa, faz muita diferença.

- Segmente suas mensagens
Ainda dentro da onda da personalização, certifique-se de que cada cliente receberá mensagens adequadas aos seus interesses.

- Faça pesquisas, peça feedback
Uma boa maneira de manter o cliente interessado nesse relacionamento é se importar com a opinião dele. Por isso, mantenha-se ativo no pós venda e peça a opinião sobre o produto que acabou de comprar. Faça pesquisas, enquetes, e outras coisas do gênero.

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Estudo de caso: Como aumentar sua lista de assinantes oferecendo produtos grátis

Aumentar o mailing é sempre um desafio. Comprar listas não é recomendável, e com as outras técnicas você pode demorar pra ter um aumento considerável – que compense o investimento que você está fazendo. Uma das maneiras mais efetivas é oferecendo vantagens e produtos gratuitos para os seus consumidores.

Isso é ainda mais efetivo do que os famigerados concursos culturais, que por sua natureza competitiva, muitas vezes não estimulam o compartilhamento por parte dos seus participantes.
Para explicar como essa oferta de produtos gratuitos funciona na prática, hoje vamos trazer um case para análise. Confira:

Josh Earl é um programador freelancer que fornece dicas para o editor de texto Sublime Text. Ele já tinha uma boa base de contatos, mas queria aumentar esse número. E com um detalhe: queria assinantes de qualidade, realmente interessados em seu produto. Então ele resolveu fazer uma promoção: quem assinasse sua lista, ganharia uma licença do programa Sublime Text, avaliado em US$ 70.

A promoção foi divulgada via redes sociais e através da lista com 5,5 mil assinantes, e o resultado foi impressionante. Após 11 dias de promoção, Josh alcançou:

- 187.991 novos emails para seu mailing;
- Ele recebeu 398.896 visitantes únicos em seu site;
- O número de seguidores no Twitter quase triplicou, passando de 13.460 para 32.427;
- Ele vendeu 2.000 cópias do seu ebook, e lucrou US$ 38.000

Isso somente nos primeiros dias. Com um número impressionante de assinantes da sua newsletter, Josh certamente alcançou resultados ainda maiores com o passar do tempo.

Como ele ofereceu uma boa oportunidade para os usuários, eles se sentiram compelidos a compartilhar a promoção para seus contatos. E assim Josh conseguiu atingir uma audiência extremamente segmentada, que a partir daquele momento ia precisar mais do que nunca de suas dicas para usar o software que ele distribuiu.

Que tal pensar em uma estratégia semelhante para alavancar os seus negócios?


(Informações: Kissmetrics

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

A psicologia da persuasão pode ajudar a aumentar suas vendas

Você já parou pra pensar porque o consumidor escolhe fazer suas compras em uma loja em detrimento de outra? Já avaliou os sentimentos envolvidos no ato de escolher um fornecedor de serviços? Pois saiba que esse assunto é pesquisado incessantemente desde o início dos anos 1980, quando Dr. Robert Cialdini lançou o livro “As Ferramentas da Persuasão”, um dos mais conhecidos (e mais seguidos) na área do marketing.

Entender os gatilhos emocionais que fazem uma pessoa efetuar uma compra é um dos passos mais importantes para aumentar as conversões nas suas campanhas de marketing. Dr. Cialdini listou em seu livro, e em inúmeras palestras, os seis princípios que fazem com que as pessoas escolham comprar com você, e não com seu concorrente.

Confira quais são esses princípios, e adote em suas próximas campanhas:

1) Reciprocidade
O ser humano tem a tendência a querer retribuir quando recebe algo. Portanto, ofereça sempre vantagens e pequenos agrados, como um e-book gratuito, um desconto ou frete grátis.

2) Comprometimento e consistência
Os usuários costumam manter os seus compromissos, então quando você torna o uso de seus serviços um hábito, eles tendem a continuar. Por isso, serviços como Netflix e Spotify oferecem meses gratuitos para os usuários, que terão dificuldade em deixar de usá-los depois que se habituarem.

3) Provas sociais
As pessoas têm a tendência a acreditar mais em serviços e produtos que outras pessoas usaram antes. Por isso, restaurantes cheios têm mais movimento do que aqueles que estão vazios. Incentive seus clientes a compartilhar fotos e depoimentos sobre seus produtos nas redes sociais.

4) Apreciação e respeito
Mais do que os preços baixos ou qualidade, gostar da empresa é fundamental para fechar uma compra.

5) Medo
O sentido de urgência também faz muitas pessoas fecharem uma compra. O medo de ficar sem é um bom gatilho para incentivar os consumidores, por isso muitas empresas têm optado por mostrar quantas unidades de cada produto ainda estão disponíveis.

6) Autoridade
Coloque-se no mercado como a grande autoridade no produto ou serviço que fornece, e os consumidores prestarão mais atenção em você.

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Cinco maneiras de surpreender no email de boas-vindas

O email de boas-vindas é de fundamental importância na sua estratégia de marketing. Ele é o primeiro contato que o cliente terá com sua newsletter, e como bem sabemos, a primeira impressão é a que fica. O relacionamento entre uma empresa e seu cliente é como um relacionamento humano: você está suprindo uma necessidade e trocando valores, então que esse contato seja proveitoso para ambas as partes desde o início.

Segundo estudo publicado pelo Kissmetrics, o email de boas-vindas gera três vezes mais negócios e lucros que os outros emails.

Para caprichar nessa primeira impressão e estabelecer uma relação duradoura com o seu cliente, temos algumas dicas para você surpreender em seu email de boas-vindas. Confira:

Tente uma abordagem humana: que tal deixar de lado o layout caprichado e os botões de call to action e mandar um email se apresentando? “Oi, eu sou o Fulano, sou o diretor da empresa X, vi que você se inscreveu na nossa newsletter, posso te ajudar em alguma coisa?”. Mas não faça isso de maneira automatizada, seu cliente vai perceber!
Acabe com o texto: se o consumidor acabou de assinar sua newsletter, ele provavelmente sabe do que a sua empresa se trata. Experimente ser direto com ele: “você está cadastrado, compre agora”. Pode ser eficiente em alguns casos.
Apenas dê boas-vindas: também pode ser simpático não tentar fazer a conversão logo de cara. Algumas empresas optam por apenas cumprimentar o consumidor e deixar os contatos no rodapé do email, e isso pode funcionar de maneira eficaz também.
Lembre-o do motivo da assinatura: apresente de cara os diferenciais da sua empresa e os motivos para que ele continue recebendo (e abrindo) os emails que você vai enviar a ele.
Surpreenda com um presente: frete grátis, pague um leve dois, cupom de desconto. Todo mundo adora um mimo. Que tal surpreender seu novo assinante com um presente?