segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Aumente suas vendas no Natal com o email marketing

O Natal está chegando, e com ele muitas oportunidades de aumentar as suas vendas com o auxílio do email marketing. Essa é a melhor época para o comércio brasileiro, e não é por acaso: grande parte dos brasileiros está com o 13° salário na mão, com muitas pessoas pra presentear, além dos tradicionais gastos com a ceia e com a casa. Você pode vender qualquer coisa, desde que comunique a pessoa certa – e da maneira certa.

O primeiro passo para aumentar suas vendas é, sem dúvidas, planejar.  Avalie quais os produtos você quer promover, qual é o seu público alvo, quais as melhores datas para disparo dos emails e, claro, sua capacidade de enviar os produtos a tempo da ceia de Natal. Não faça promessas que não pode cumprir, e não deixe de enviar mensagens segmentadas para melhorar suas conversões.

Outra coisa que você deve levar em consideração é que nessa época uma fatia considerável do mercado também está tentando efetuar vendas para os mesmos clientes, então destaque-se. Ofereça vantagens exclusivas, chame seus clientes pelo nome, facilite a vida do seu consumidor com listas de presentes e aplicativos.

Também não deixe de considerar os clientes que visualizam os seus emails nos dispositivos móveis – eles já são maioria! Faça emails responsivos, que se adaptam a qualquer tamanho de tela, mais leves e com fontes maiores para que sejam facilmente visualizados em qualquer lugar. Nada impede que seu cliente compre o presente da sogra enquanto está parado em um engarrafamento, por exemplo.

Boas festas, e bons negócios! 

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Cinco truques para melhorar a sua linha de assunto

Você certamente já sabe da imensa importância da linha de assunto no sucesso (ou não) do seu email marketing. No caso de mensagens via email, a maioria dos usuários julga o livro pela capa sim, ou seja, decidem se irão abrir ou não a sua peça baseados no texto da sua linha de assunto. Por isso, é fundamental que você sempre tenha a melhor linha de assunto possível, com um texto que desperta a curiosidade e atrai o seu cliente.

Baseado nisso, trouxemos para você cinco dicas para tornar suas linhas de assunto ainda melhores. Confira:

1)      Foque nos benefícios do seu produto
Ao invés de mencionar as características do seu produto, que tal focar nos seus benefícios? Melhor do que saber que você pode pagar a viagem para o Caribe em 10 vezes é imaginar como seria passar as férias por lá.

2)      Foque nas emoções do seu cliente
As pessoas tendem a ser egocêntricas, e prestam mais atenção quando o assunto é sobre elas. Por isso, faça com que a linha de assunto seja sobre o quanto ela vai gostar do produto, e não sobre o produto em si.

3)      Inspire-se nos emails que VOCÊ abre
Tenha uma pasta na sua caixa de entrada para armazenar os emails que você abre diariamente. Dessa maneira a inspiração estará sempre à mão!

4)      Use um nome próprio
Ao invés de assinar como a empresa, que tal usar “Fulano da empresa tal”? As pessoas se identificam e tendem a abrir mais.

5)      Incentive a interação

Faça pesquisas, pergunte, incentive a interação! 

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

5 passos para um email marketing de resultado no segmento de serviços

Criar uma campanha de email marketing é relativamente fácil, o difícil é se atentar a todos os detalhes para enviar um email realmente focado em resultado – e que, consequentemente, traga a conversão que você deseja. Porém, os marqueteiros no segmento de serviços, especialmente digitais, vem desenvolvendo uma fórmula que apresenta resultados certeiros.

Se esse é o seu caso, e você gostaria de causar um impacto maior com suas mensagens, fique atento aos passos sugeridos:

1)      Crie uma lista de contatos eficiente
O primeiro passo, claro, é ter uma lista de contatos eficiente. Ou seja: com pessoas que realmente estão interessadas no seu serviço, e segmentada corretamente. O seu email marketing não vai dar certo enquanto você enviar emails sem critério.

2)      Envie uma prévia
Assim como eventos enviam um “save the date”, você pode enviar uma prévia, marcando o dia em que encaminhará a mensagem de email marketing com uma promoção imperdível.

3)      Cumpra o prometido
No dia marcado, envie a sua mensagem para as suas listas de contatos. Para se certificar de que sua mensagem vai chegar no dia e hora corretos, use um serviço de confiança como o Nitronews para disparar seu email marketing.

4)      Envie um email de follow up
Após dois dias do envio da sua mensagem original, envie um novo email para os clientes que não efetuaram a conversão. Essa medida pode aumentar as suas vendas em até 15%.

5)      Recompense seus clientes

Após o fim da campanha, envie um brinde surpresa para os clientes que efetuaram a compra / contratação. 

quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Vídeo: um recurso válido e eficiente para seu email marketing

Quem trabalha com email marketing está sempre buscando novos formatos que tragam resultados interessantes para as campanhas. Um desses formatos são os vídeos, que trazem um número de visualizações bastante alto – o que pode tornar suas conversões ainda mais altas. Apesar de pouco usados, os vídeos podem ser bastante eficientes. Basta ter a coragem para ousar nas suas próximas campanhas de email marketing.

Porém, ao pensar em usar vídeos nas suas campanhas, existem dois fatores que você deve considerar: o custo de produção de uma peça nesse formato, e também a dificuldade para exibição de vídeos diretamente no email em alguns navegadores.

O custo de produção de um vídeo profissional é sempre alto, afinal você quer apresentar um produto de qualidade para os seus consumidores. Mesmo que hoje em dia seja fácil pegar uma câmera e fazer um vídeo, enviar um material produzido de maneira amadora é um tiro no pé. Por isso, considere a hipótese de contratar um videomaker para fazer a captação e edição do seu vídeo. Depois de pronto, a maneira mais fácil de exibir o material é através do YouTube, que você pode incorporar ao seu email.

O que nos leva à segunda consideração: nem sempre é possível exibir o player no corpo do email. Alguns servidores, como o Gmail, estão preparados para rodar vídeos, mas outros não oferecem essa possibilidade. Mas isso é facilmente contornável: você pode deixar uma miniatura do vídeo no email linkando diretamente para o YouTube.

É possível enviar anexos através do email marketing?

Muitas vezes possuímos conteúdos muito extensos, como vídeos, PDFs e outros formatos, que gostaríamos de compartilhar com os nossos clientes. Teoricamente é possível enviar anexos através do email marketing, mas isso é altamente não recomendável. Segundo o CAPAM (código de autorregulamentação para a prática de email marketing), emails com anexo só podem ser enviados quando se tratam de assuntos confidenciais, ou seja, enviar um email marketing com anexo para toda a sua lista se trata de uma prática indesejável.

Isso porque os anexos de emails são utilizados geralmente por golpistas, que enviam emails falsos com notas fiscais, fotos ou cartões de felicitações anexos, que na realidade são arquivos maliciosos com a finalidade de roubar dados do seu computador.

Outro bom motivo para não enviar arquivos anexos junto com seu email marketing é porque esses arquivos geralmente são bastante pesados, e podem prejudicar a entregabilidade da sua peça. 

Portanto, se você quer que seu email chegue corretamente à caixa de entrada do seu cliente, evite-os.
Se você precisa enviar informações essenciais para o seu cliente, considere usar links externos para que ele possa acessar quando tiver vontade. Se você quer divulgar um texto extenso, pense na possibilidade de publicar em uma landing page. Caso o material seja um vídeo, publique-o no YouTube ou Vimeo e compartilhe o link. Para outros materiais, você pode usar serviços de armazenamento em nuvem, como o Drop Box, para que seu cliente possa acessar com segurança. 

Como evitar o bloqueio das imagens do seu email marketing

As imagens são parte essencial de uma peça de emailmarketing. Através delas você consegue mostrar o seu produto e despertar um desejo maior no seu consumidor. É difícil imaginar alguém fazendo uma compra por impulso sem ver uma foto do produto, e por isso muitas equipes passam muito tempo desenvolvendo um visual agradável para suas peças de email marketing.

O problema é que alguns servidores bloqueiam imagens de peças de email marketing para garantir a segurança dos usuários, já que spammers e scammers costumam usar as imagens para fins maliciosos. E os que trabalham corretamente acabam pagando pelos outros.

Mas existem algumas medidas que você pode adotar para evitar que suas imagens sejam bloqueadas pelos servidores de seus clientes. Confira:

- Só envie emails para usuários interessados em seu contato
Enviar emails apenas para os clientes que fizeram opt-in na sua lista de contatos garante que seus emails terão uma maior reputação – e, consequentemente, suas imagens sofrerão menos bloqueio por parte dos servidores.

- Publique as imagens com a tag alt com CSS
A tag alt com CSS garante que seu email exiba um texto mesmo quando as imagens são bloqueadas. E os servidores de email podem reconhecer as tags e ver que sua peça de email marketing não representa uma ameaça aos usuários.

- Mantenha o equilíbrio entre imagens e texto
As imagens são muito importantes na sua peça de email marketing, mas o texto também é. Spammers geralmente usam apenas imagens em seus emails, então ter uma boa proporção de texto em sua peça é importante para que o servidor entenda que não se trata de SPAM.

terça-feira, 11 de outubro de 2016

Erros no email marketing que podem estar prejudicando suas conversões

Não importa o tipo de email marketing que você está disparando, a conversão é o objetivo principal. Você pode estar tentando vender, fazer com que o consumidor preencha uma pesquisa ou simplesmente quer que leia um texto no seu blog. Tanto faz qual é a ação que você deseja, você só terá a conversão quando o cliente realizá-la, e nessa altura do campeonato você já deve saber que isso nem sempre é possível.

Mesmo com a melhor das intenções, às vezes cometemos pequenos erros que podem comprometer o resultado final do email marketing – e, consequentemente, a conversão. Confira quais são alguns desses erros, e como evitá-los:

- Sua linha de assunto não combina com o conteúdo do email
Por mais que um assunto (ou produto) esteja na boca do povo no momento, não é inteligente usá-lo na linha de assunto se o conteúdo não combina com a mesma. Entregue o que você promete, sempre.

- Seu email contém muitos call to actions
Muitos produtos e distrações podem deixar o consumidor confuso. Foque no que deseja que o consumidor faça e diminua os call to actions.

- Seu email não possui uma versão em texto
Especialmente no Brasil, onde a internet nem sempre funciona como deveria, ofereça uma versão em texto do seu email para que os consumidores sempre tenham acesso ao seu conteúdo.

- Você enviou emails sem permissão
Se você comprou uma lista de emails e enviou mensagens sem permissão, as pessoas simplesmente não têm interesse no seu produto. Pior, quando marcarem suas mensagens como SPAM sua reputação pode ter uma queda significativa.